titulo

MUSICAUDIO.NET - DICAS, TUTORIAIS E ARTIGOS ON-LINE

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Maneiras de sobrepor regiões no Logic Pro

Written by Paul Yarrow – Traduzido para o português por Germano Lins


Saiba como sobrepor regiões rapidamente e da melhor forma na área Arrange do Logic Pro.

Regiões e objetos sobrepostos podem dar resultados inesperados e às vezes frustrantes, especialmente quando sabemos que colocamos ou editamos uma região exatamente onde queríamos que ela estivesse. O Logic Pro oferece várias formas de lidar com sobreposições e neste artigo iremos ver três dessas formas.
Todos os métodos usados a seguir funcionam bem, cabe a você escolher aquele ao qual você se adapte melhor.
Os três métodos são os seguintes:
  • Método 1 - Ajustar o comprimento/duração da região
  • Método 2 – Criar uma nova trilha com plug-ins aplicados em seu canal original
  • Método 3 – Realizar uma transição suave entre regiões usando a ferramenta Cross Fade




Método 1


Passo 1:

Clique em uma das regiões que está sobreposta na área Arrange para

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Como acessar sons GM e usar o QUICKTIME SYNTH no LOGIC PRO X

Tutorial original em inglês escrito por  Paul Yarrow
traduzido para o português por Germano Lins para MUSICAUDIO

Aprenda a usar o Apple Quicktime Synth para acessar sons General MIDI (GM) no Logic Pro X. Quicktime Synth possui um completo set de instrumentos e Kits de bateria compatíveis com sintetizadores e módulos GM.

Para aqueles que usam a configuração de sons GM, o Logic Pro dificultou um pouco os trabalhos em sua versão X, já que o Quicktime Synth foi retirado do Environment. No entanto, nada está perdido. O sintetizador GM ainda está disponível no Logic Pro X, apenas não está mais no Environment.
Aqui iremos mostrar como configurar o Quicktime Synth, as técnicas apresentadas neste tutorial podem ser usadas para operar até 16 canais MIDI em qualquer plugin MIDI synthesizer no Logic Pro X.

____________________________________________________


Passo 1
Crie uma nova trilha Software Instrument na área Arrange do Logic Pro X.

____________________________________________________

Passo 2

No slot Instrument da nova trilha criadaclique no lado direito do botão Instrument e navegue até AU Instruments>Apple>LSMusicDevice>Stereo/Multi Output

Remote do Logic no Ipad

Nosso grupo no Whatsapp está bombando. Participe dele também e compartilhe sua experiências, dúvidas e ideias conosco. Veja o vídeo que nosso amigo, Mirim Santana, de Rio Branco, Acre, fez e compartilhou lá no grupo para mostrar o funcionamento do Remote do Logic no Ipad. Para participar do grupo é só entrar em contato 55 68 99429960.








domingo, 29 de novembro de 2015

Sound FX - Unlocking the Creative Potential of Recording Studio Effects - Parte 2

1.3 Amplitude versus Distância

A elasticidade do ar garante que quaisquer alterações localizadas na pressão do ar perto de uma fonte sonora causará uma reação em cadeia de mudanças de pressão de ar, acima e abaixo da pressão do ar corrente, em torno de toda essa fonte. mesmo uma ligeira perturbação da pressão do ar irá se propagar para o exterior. A fim de descrever o estado de pressão de ar ao longo de uma certa distância, um par de eixos será necessário: pressão do ar em função da localização versus pressão de ar em função da distância.

Em um determinado instante no tempo, realizamos um gráfico da pressão de ar em função da sua localização no espaço. A figura 1.5 retrata este instante. Voltando à figura 1.1(a), onde um ilustrador estrategicamente não conseguiu marcar nenhuma eixo, pode-se concluir que as curvas que irradiam para fora da fonte sonora pode ser amplitude versus tempo ou a amplitude versus a distância. Os anéis da Figura 1.1(b) representam o som de uma forma ligeiramente diferente. Este esboço familiar do som é um instantâneo da amplitude vs distância, mostrando apenas os picos positivos de uma onda de propagação, ou apenas as excursões negativas, ou apenas os zero crossings (pontos onde a amplitude é igual a zero). Chamados de Isobars, os anéis de som irradiando para fora da fonte de som indicam a distribuição espacial dos pontos de pressão equivalente. Esta é uma imagem útil para engenheiros de áudio; que também funciona muito bem em quadrinhos.

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Sound FX - Unlocking the Creative Potential of Recording Studio Effects - Parte 1

Sound FX - Unlocking the Creative Potential of Recording Studio Effects

"Catch a wave
and you're sttin' on top of the world"
- “Catch a Wave”, The Beach Boys, Surfer Girl (Capital Records, 1963)
Peça a um cartunista para desenhar um som e provavelmente ele fará algo bastante semelhante à Figura 1.1. Essas representações do som têm mérito técnico.
Quando dedilhamos um violão, golpeamos um tambor ou sopramos um trombone, sabemos que iremos produzir som. O movimento do tampo do violão, a vibração da pele do tambor e a ressonância do ar dentro do encanamento do trombone, em última análise, dirigem o ar para os nossos ouvidos e isso faz com que os nossos tímpanos vibrem. Ouvimos a vibração do ar próxima a nós devido a uma cadeia de eventos que se inicia em algum instrumento ou fonte sonora, que está a alguma distância. Isso é uma outra questão, mas provavelmente esperamos que o som produzido seja música.

domingo, 15 de novembro de 2015

Logic Pro Sem Segredos

Logic Pro Sem Segredos - Terceiro Volume já em produção. Veja o primeiro vídeo.
Plug-in Drummer (parte 1).

Mais informações em www.musicaudio.net.

video

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Tracktion 4 agora é gratuito - Uma DAW multiplataforma (Windows, Mac e Linux)

Tracktion 4 é uma DAW multiplataforma (Windows, Mac e Linux) que funciona a 64 bit, pode carregar VSTs e também trabalhar com arquivos de vídeo —algo único entre os sequenciadores freeware—. Depois de um tempo de adaptação à sua particular interface de usuário, você poderá fazer grandes coisas com ele.

Depois de passar por um simples processo para baixar uma cópia totalmente funcional do Tracktion 4:

Veja a seção oficial de download e baixe o instalador do "Tracktion 4 Free".

Regístre-se como usuário.

Instale-o e ative-o com o nome de usuário e senha criado no passo anterior.

Mais informação | Tracktion



quinta-feira, 14 de maio de 2015

Soundation Chrome Studio, fazendo música na nuvem


Soundation da PowerFX Systems foi um dos primeiros sequenciadores baseados em web que teve ambições de ser mais que uma funcionalidade básica. Surgiu em outubro de 2009, e vem se desenvolvendo constantemente até formar uma comunidade de 1.200.000 usuários registrados e 420.000 canções.

Agora chega uma versão melhorada, a Soundation Chrome Studio, que se apresenta como um ambiente de produção musical inteiramente baseado na nuvem e, como seu nome indica, requer o navegador Google Chrome para funcionar.

Com ele podemos criar, publicar e compartilhar projetos de qualquer computador que esteja conectado à internet, sem necessidade de baixar nenhum software.
Também permite distribuir música no Spotify, iTunes e outros serviços.

sexta-feira, 8 de maio de 2015

Comparação entre os monitores Yamaha HS5, HS7 e HS8

Esta é a série Yamaha HS, completa, em suas duas cores, incluindo o subwoofer (que não entra neste teste comparativo)

Introdução

A Yamaha está presente em lugar privilegiado no mercado de monitores de estúdio desde 1978 com seus famosos NS10, até que deixaram de fabricá-los em 2001. Era uma caixa impressionante. Seu médio era tão definido que muitas pessoas se queixavam que eram cansativas ao ouvido. Sinceramente, acredito que isso era mais um problema de excesso de volume na hora de trabalhar — devido a pouca resposta desta caixa aos graves — do que à sua sonoridade, propriamente dita.
A gente queria das NS10 mais do que ela podia dar. Logicamente, se somente dispuséssemos delas no nosso estúdio, nunca seríamos capazes de reproduzir baixos e bumbos contundentes. Esta razão podia levar o técnico a subir e subir o volume de monitoração, buscando esses resquícios de graves que a caixa podia dar. Resultado: continuávamos com poucos graves, a sonoridade começava a distorcer ou então não reproduzir bem os transientes, e a fadiga auditiva batia à porta.

quarta-feira, 6 de maio de 2015

Alô, DJ´s!!! Mixxx 1.12 (a nova versão) continua grátis e ainda melhor

Dois anos já se passaram desde o lançamento da última versão do Mixxx, a versão 1.11. Esta semana está sendo lançada a versão beta do que o pessoal da Mixxx desenvolveu durante os últimos dois anos: Mixxx 1.12. Com um novo número de versão tão pequeno a atualização pode parecer pouca coisa, mas o certo é que o programa melhorou muitíssimo.



O Mixxx agora conta com uma interface totalmente renovada cujos skins são redimensionáveis, um dos quais nos permite visualizar as formas de onda empilhadas. A animação das formas de onda foi notavelmente melhorada, com uma suavidade de deslocamento de até 60fps – ajustável nas opções –. A representação gráfica das formas de onda agora é multicolor e altera seu tamanho e cor conforme realizamos modificações no mixer. Temos cinco novos efeitos, podemos escolher os pontos de corte da EQ, podemos visualizar o coverart da música, até quatro entradas micro estão disponíveis – para as festas com muitos DJs pesados –, detecção e alteração de tonalidade da música para os que gostam de fazer mixagem harmônica, melhorias na sonoridade ao usar pitchlock, melhorias no sistema de mapeamento MIDI, mixagem externa ou interna, uso simultâneo de diferentes interfaces de áudio, controle por DVS, gravação de sessões em diferentes formatos, streaming mediante Icecast e Shoutcast... E continua sendo grátis e Open Source.

Para que esta versão beta chegue a versão final os desenvolvedores precisam de muita ajuda. Sendo assim, se você quer ver um programa gratuito que faça frente aos pagos, ajude! Primeiro de tudo baixe e instale o Mixxx – para Windows, OSX ou Ubuntu– neste link. Reporte os bugs neste outro link, e dê qualquer tipo de feedback neste outro. Caso se interesse em colaborar na tradução do programa ou de sua documentação, consulte este link.